terça-feira, 3 de agosto de 2010

A Verdade Sobre a TV

Um veterano âncora de telejornal foi demitido devido aos baixos índices de audiência. Em sua despedida, ele faz ao vivo uma enfática denúncia dos podres do programa. Uma executiva da TV percebe o potencial de entretenimento disso e o apresentador volta com um programa reformulado onde dispara petardos furiosos contra a falta de escrúpulos das mídias e dos espectadores. Um sucesso espetacular, que não durará muito tempo. Esse o roteiro do filme Rede de Intrigas (1976). Uma das falas fuzilantes do autoproclamado "profeta da tv" é essa:

O apresentador entra em cena ao vivo e, após saudar o público presente, começa:

"Ai de nós. Porque 62 milhões de americanos me assistem agora. Porque menos de 3% de todos vocês lêem livros. Porque menos de 15% de vocês lêem jornais. E a única verdade que conhecem é a que passa pela televisão. Agora mesmo há uma geração inteira que nunca conheceu nada que não tenha saído da televisão. A TV é o evangelho. A revelação final.

A televisão pode fazer ou destruir presidentes, papas, ministros. É a força mais incrível nesse mundo ímpio, e ai de nós se ela cair em mãos erradas. [...] Por isso, ai de nós porque esta companhia agora está nas mãos da CCA, a Corporação de Comunicação da América. E quando a 12ª maior companhia do mundo controla a mais incrível força de propaganda em todo esse mundo ímpio, quem sabe o que será vendido como verdade nesta rede.

Então, prestem atenção! Televisão não é verdade. Televisão é um maldito parque de diversões. Televisão é carnaval, é circo, contadores de história, dançarinas, cantores, malabaristas, domadores de leão e jogadores de futebol. Nosso negócio é matar o tédio. Então, se querem a verdade, procurem Deus. Procurem seus gurus. Procurem a si mesmos! Porque esse é o único lugar onde encontrarão a verdade. Mas ouça, nunca ouvirão nenhuma verdade de nós. Vamos dizer o que quiserem ouvir. Mentimos como loucos. Diremos que Kojak sempre pega o assassino e que ninguém tem câncer na casa de Archie Bunker. E não importa se o herói está enrolado, se acalme. Olhe no relógio. No final do programa, ele vai vencer! Diremos qualquer porcaria que queiram ouvir! Lidamos com ilusões. Nada disso é verdade. Mas vocês sentam aí, dia após dia, noite após noite. Todas as idades, raças, credos.

Somos tudo que vocês conhecem. Estão começando a acreditar nas ilusões que apresentamos aqui. Começam a achar que a TV é real e suas vidas são irreais. Fazem tudo o que a TV manda fazer. Vestem-se como na TV, comem como na TV, criam seus filhos como na TV, até pensam como a TV. Isso é loucura em massa, seus maníacos!

Em nome de Deus, vocês são de verdade! Nós somos a ilusão! Então desliguem as TVs. Desliguem agora mesmo. Desliguem e deixem desligados. Desliguem no meio desta frase. Desliguem! "

notanapauta

Nenhum comentário:

Postar um comentário